FABRICANTES DE PESCADOS ENLATADOS INVESTEM EM PRODUTOS COM MENOS SÓDIO


A procura por alimentos saudáveis é uma tendência e o baixo teor de sódio é uma das características mais procuradas pelos consumidores

 

Ter uma boa alimentação é sinônimo de vida saudável. Escolher bem os ingredientes é fundamental para melhorar a qualidade de vida e um dos fatores que ajudam a evitar o desenvolvimento de doenças. E as empresas estão cada vez mais conscientes da necessidade de oferecer ao consumidor produtos que contribuem para uma alimentação saudável e equilibrada, como no caso dos fabricantes de enlatados, que vêm desenvolvendo produtos com redução de sódio.

Aprendendo com Lataço

Um exemplo deste tipo de alimento é o atum sólido ao natural ou em óleo, cuja quantidade de sódio é reduzida em até 80%, ou até mesmo atum sólido conservado em água mineral, sem adição de sal.

“Os fabricantes de pescados enlatados identificaram que a procura por alimentos saudáveis é uma tendência e que baixo teor de sódio é uma das características mais procuradas pelos consumidores”, explica Thais Fagury, engenheira de alimentos e gerente executiva da Abeaço (Associação Brasileira de Embalagem de Aço).

O sódio é um nutriente essencial para o organismo, pois regula a quantidade de líquidos que ficam dentro e fora das células e atua na condução de estímulos nervosos e na contração muscular. Porém, quando há excesso do nutriente no sangue pode ocorrer alteração no equilíbrio dos fluídos internos do corpo, sobrecarregando o coração e os rins, resultando em hipertensão e outras doenças.

A Organização Mundial da Saúde recomenda oficialmente o consumo máximo de 2g de sódio por pessoa ao dia, o que equivale a 5g de sal. A iniciativa da OMS visa reduzir o número de mortes por doenças como a hipertensão, que só no Brasil atinge cerca de 30 milhões de cidadãos, de acordo com o Ministério da Saúde.

Além de ter teor reduzido ou zerado de sódio, os pescados em lata de aço levam vantagem em relação aos peixes frescos, pois são muito mais práticos, já vêm limpos e prontos para comer. Apesar de ambos possuírem o mesmo ômega 3, gordura essencial para o bom funcionamento do organismo, os enlatados estão muito mais protegidos contra a ação de micro-organismos pela conta da embalagem de aço e permanecem conservados por muito mais tempo sem a presença de conservantes químicos.

“Como no processo de produção os pescados são levados a altas temperaturas e o cozimento é rápido, não é necessária a adição de produtos químicos, uma vez que esse procedimento já protege os alimentos dos micro-organismos”, comenta Thais.

Segundo o Ministério da Saúde para manter uma alimentação saudável, é importante comer pescado pelo menos duas vezes por semana. O peixe é um alimento que não pode faltar em uma dieta balanceada, pois previne doenças cardiovasculares, diminui o nível de colesterol e ansiedade e ativa a memória.

Aproveite as dicas e prepare a sugestão de receita abaixo para ingerir menos sódio e garantir sua dose de ômega 3.

Bolinho de Atum Empanado com Gergelim



Rua Rocha, 167 – Cj. 33 – Bela Vista - São Paulo - Tel: (55 11) 3842-9512 - Fax: (55 11) 3849-0392

 

Valid XHTML 1.0 Transitional CSS válido!Induz Comunicação e Design Induz Comunicação e Design